segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Bacalhau Spirit FC 12 - Meias-Finais e Final!

Abbot White vs. Koelho

Há sosses que nascem cheios de sorte. E Abbot White não é um deles. Depois de ter retirado energia a duas mulheres e de ter assim ficado com a pele vermelha como se tivesse apanhado um escaldão, Abbot White fica invulnerável a todos os golpes de machado e lanças. Ele pensava que seria também invulnerável aos golpes de matracas do Koelho. Ele estava errado…



Digital Man vs. Ogami Itto

Durante alguns segundos Digital Man acreditou mesmo que tinha vencido o combate. Ele viu Ogami e Daigoro dentro do carro de madeira a explodir 100 vezes! Ele começou a rir-se e a sentir os arrepios de orgulho da vitória implacável!! Ele sente alguém atrás dele… ops! “Hey Digi… aquilo era o teu carro”. Digital Man faz uma expressão de “oh não…” E isto foi a última coisa que aconteceu antes de uma certa katana lhe separar o cabelo da cabeça, o que claro deixou não só inconsciente na parte humana como desligado na parte robótica. Tal como uma calculadora depois de se pressionar o off…



F I N A L :



Koelho vs. Ogami Itto

E chega o grande momento em que se vai decidir quem é o campeão da 12ª edição do Bacalhau Spirit FC! Ambos os guerreiros sobem ao ringue, concentrados e de olhar intenso. Observam-se, tentando engendrar uma estratégia vitoriosa. Ambos sabem que este combate vai-se resolver em apenas um golpe… as suas técnicas e estilos são ambos implacáveis! É como um jogo de futebol na morte súbita: o primeiro a marcar ganha, e ninguém quer sofrer golo. Mas aqui não dá para jogar na defensiva, o único botão que existe é o de ataque!



Toca o sino e começa o combate épico! De um lado o homem que não dá hipótese! Do outro um samurai, um ronin num caminho sangrento de vingança, a empurrar um pequeno (e armado) carro de madeira no qual se encontra o seu filho Daigoro!



Ogami empurra e lança o carro na direcção de Koelho com o objectivo de o atrapalhar. Daigoro vai lá dentro. O Koelho sabe que se desviar do carro, esse é o único segundo de distracção que Ogami precisa para lhe cortar a cabeça com a katana num só golpe. Se levar com o carro, Ogami ganha 2 segundos…



Uma gota de suor escorre pela cara abaixo de Koelho. A sua respiração é pesada. Koelho olha com intensidade para o carro de madeira que se aproxima… lá ao fundo Ogami tem a mão na katana, pronto a saltar e desembainhá-la para desferir o golpe final na perfeição. Será o último uivo no combate.



Ogami olha para Koelho com respeito e concentração. Ambos os guerreiros estão parados e silenciosos, observam e esperam enquanto tudo parece acontecer em câmara lenta.



Até que o Koelho se senta em posição de meditação… “o essencial é a concentração, sosse”… e espera. O carro aproxima-se, mas Koelho fecha os olhos. O que fazer? Desviar-se do carro vai dar abertura a Ogami para desferir o golpe final, e que não hajam dúvidas, ele não vai falhar esse golpe. Levar com o carro vai atrapalhar e Ogami aí ainda terá mais tempo.



O que fazer?



O que fazer?



Koelho para ele próprio: “Meteste-te nisto tantas vezes… um dia isto tinha de dar para o torto. Andavas mesmo a pedi-las sosse… haha Mas se este é o meu último combate, então que seja um de que nunca ninguém se esqueça!”



O que fazer?



O que fazer…?!



E então faz-se luz! Koelho abre os olhos e sorri. Nada tinha de ser feito, apenas bastava ele ser ele próprio. Apenas bastava ele ser o Koelho! E o Koelho não fica parado à espera! Ele avança sempre até ao último suspiro se necessário! E então o Koelho levanta-se e solta um grito. Começa a correr na direcção do carro, pelo caminho tira a t-shirt e manda as matracas para o chão! Salta por cima do carro com um grito, e desta vez o suor escorre pela cara de Ogami, que apesar de tudo mantém a sua concentração e determinação.



O Koelho salta não para se desviar do carro, mas sim para pôr Ogami KO! E no meio do ar grita: “Sosse! Vieste à arena errada, pois aqui eu jogo sempre em casa!” Ogami grita e saca da katana fazendo um arranhão na testa do Koelho e cortando-lhe a mítica fita branca com o “K” no meio. Mas a perna de Koelho acerta-lhe ao mesmo tempo na cara e projecta este para trás deixando-o KO. Um segundo mais tarde, um centímetro a menos de perna, e Ogami tinha-lhe mesmo cortado a cabeça ao meio!!



A sua cara está cheia de sangue, o público vibra com a vitória de Koelho! Mas nisto surge Daigoro a chorar e a correr na direcção de Koelho com uma lança, pronto a trespassá-lo! Koelho vira a cabeça lentamente, e meio de costas diz-lhe… “Sosse, é melhor estares quieto…”.



E ele ficou quieto.



FIM

Sem comentários:

Enviar um comentário