segunda-feira, 7 de novembro de 2011

Bacalhau Spirit FC IX - Uma Final Épica!


GRANDE FINAL: CAPITÃO VP versus KOELHO!

O público está louco! Gritos de euforia e saltos de celebração por todo o lado enquanto os 2 últimos guerreiros sobreviventes sobrem ao ringue pela última vez. Capitão VP mostrou ser um génio dos pontos fracos, mas o seu estilo de luta pouco honrado não agradou lá a muitos (muitos, mesmo). Ele está 100% em forma e super confiante de que consegue derrotar o Koelho. O homem que nunca dá hipótese demonstrou ao longo do torneio toda a sua mestria e implacabilidade, mas no último combate frente a AMP Master, graças ao poder do AMP ficou sem matracas, o braço esquerdo partido e várias lesões em todo o corpo. Está fragilizado... mas ainda é O Koelho.

O combate começa, o público fica ainda mais maluco e sim, ouvem-se as vuvuzelas! Koelho está cansado e com muitas dores. Ambos os lutadores se observam em busca de uma abertura para um golpe. Nenhum parece querer arriscar. É o combate mais importante das suas vidas. Subitamente Capitão VP dá um passo atrás a sorrir, e ao seu lado sobe uma estrutura tapada com um lençol com o logotipo do Voluntariado Portugal! O homem do ginásio destapa essa estrutura e Koelho não quer acreditar no que estava a ver: era a sua valiosa, preciosa e magnífica colecção de latas... rodeada de pequenas bombas! Capitão VP tinha-lhe acertado onde mais doía... este era o ponto fraco do Koelho.

Capitão VP diz então: " Ou me deixas bater-te até ficares inconsciente, ou as tuas queridas latas vão pelos ares. Ah, e se me acertares, elas também explodem!" HAHAHAH!". Koelho fica furioso, mas gosta demasiado das latas e nada pode fazer... olha para o chão amargurado como a dizer "ok, bora lá", e Capitão VP com uma expressão de louco começa o espancamento barato. O público não gosta lá muito mas não há nada a fazer... esta é a noite em que o Koelho caiu. Capitão VP usa tudo: mãos, pernas, joelhos, cotovelos, canos de esgoto, espanadores, arame farpado, capacetes de viking, ratoeiras, cenouras... pisa, torce, puxa, aperta...

Koelho está cada vez mais fraco até que cai ao chão... começa a ficar tudo desfocado... a cara sorridente de Capitão VP surge... o seu punho surge... Koelho leva um murro que já nem sente... e tudo fica escuro. Capitão VP tinha colocado Koelho inconsciente! Do que ninguém estava à espera é que algo extraordinário estava para acontecer no segundo seguinte... mas o que será?

(To Be Continued...)


Koelho encontra-se a flutuar por uma paisagem abstracta... era o seu subconsciente! Segundos depois vê alguém parecido consigo que lhe diz "Eu não consigo viver sem a minha colecção de latas...", e nesse momento Koelho apercebe-se de algo. Se ele estava a observar alguém a dizer e a sentir aquilo, então não podia ser ele próprio, pois ele era quem estava a observar! Era algo diferente dele, que ele apenas observava e testemunhava. Se ele estava a observar o seu subconsciente, então ele tinha de ser algo diferente e separado do seu subconsciente, ele não podia ser o seu subconsciente. Logo as latas não o podiam aprisionar mais, pois não era ele que não podia viver sem elas. No subconsciente pareceram minutos, mas na realidade apenas se passou um segundo. E o Koelho abre os olhos...

Capitão VP está de costas para Koelho, ía começar a celebrar a sua grande vitória quando Koelho se começa a levantar lentamente, com aquele olhar de "estás tão tramado", e diz calmamente: "Não devias ter saído de casa hoje, Telheiras Boy...". Capitão VP não acredita no que está a ver, e começa a ficar preocupado. A sua técnica dos pontos fracos tinha deixado de funcionar contra o Koelho! Lança-se então sobre Koelho, cheio de convicção e os punhos fechados... mas falha todos os golpes. E é o primeiro ser vivo a experienciar o poder do Jeet Koelho Do! O que não é nada agradável...

As latas explodem, os dentes saltam, as vacas voam... e Capitão VP não tem a mínima hipótese. O Koelho dá-lhe 3 biqueiradas e 9 cabeçadas sem resposta... mais um pontapé rotativo no ar, só para o estilo e para a fotografia da revista Caras. Depois pega Capitão VP, já quase inconsciente, pelos colarinhos e diz-lhe algo que o país jamais esquecerá: "Take n'easy boy... I'm the champion!". Depois dá-lhe um murro e as luzes apagam-se para o Génio dos Pontos Fracos.

Koelho é então o grande campeão! Nenhum dos 25 lutadores o conseguiu derrotar, e o Homem Que Não Dá Hipótese prova assim que é mesmo o melhor, mais perigoso e poderoso de todos! O público leva-o aos ombros, é o novo e eterno herói nacional! Foi um torneio longo, sangrento e absurdo... e todos pensam neste momento que tal loucura jamais poderá voltar a acontecer. Só que vai. E vai ser ainda pior...

Sem comentários:

Enviar um comentário